Exercícios sobre Biotecnologia

Exercícios sobre Biotecnologia

A biotecnologia é uma das áreas de destaque do ENEM e também de outras provas de vestibular. Mas no Exame Nacional do Ensino Médio cada vez aparecem mais questões sobre esse assunto. Nesta prova costumam aparecer perguntas que envolvem os conceitos de organismos geneticamente modificados e transgênicos. Por isso é importante que você saiba identificar a diferença entre cada um deles e saber quais são as técnicas que permitem que sejam produzidos.

Além disso vale ficar ligado nas células-tronco. Saiba identificar os tipos que existem e os usos que podem ser feitos destas células na medicina. Outra dica, considerando o cenário de pandemia de Covid-19, é ficar por dentro dos processos de produção de vacina e como elas atuam no organismo para impedir que a gente fique doente.

Por este tema ser tão importante te convido a continuar a leitura deste texto, e assim resolver os exercícios sobre biotecnologia que apareceram nos últimos anos. Bora lá?

Saiba mais: Biotecnologia: o que é, tipos e onde ela é aplicada? 


Questão 01 – FUVEST 2020

Um paciente, com câncer sanguíneo (linfoma) e infectado por HIV, fez quimioterapia e recebeu um transplante de células-tronco da medula óssea de um doador resistente ao HIV. Como resultado, tanto o câncer como o HIV retroagiram neste paciente. O receptor mais usado pelo HIV para entrar nas células do corpo é o CCR5. Um pequeno número de pessoas resistentes ao HIV tem duas cópias mutadas do gene do receptor CCR5. Isso significa que o vírus não pode penetrar nas células sanguíneas do corpo que costumam ser infectadas. O paciente recebeu célulastronco da medula óssea de um doador que tem essa mutação genética específica, o que fez com que também ficasse resistente ao HIV.

Disponível em https://www.bbc.com/. Março/2019. Adaptado.

A terapia celular a que o texto se refere 

a) permitirá que eventuais futuros filhos do paciente transplantado também possuam células resistentes à infecção pelo HIV.

b) possibilitou a produção, pelas células sanguíneas do paciente após o transplante, de receptores CCR5 aos quais o vírus HIV não se liga.

c) promoveu mutações no gene CCR5 das células do paciente, ocasionando a produção de proteína à qual o HIV não se liga.

d) gerou novos alelos mutantes que interagem com o gene do receptor CCR5 do paciente, ocasionando a resistência à entrada do HIV nas células do paciente.  

e) confirma que o alelo mutante que confere resistência à infecção pelo HIV é dominante sobre o alelo selvagem do gene CCR5.

Gabarito

 [B]

A utilização de células-tronco no paciente com HIV possibilitou a produção de células sanguíneas com receptores CCR5, dificultando sua ligação com o HIV.  


Questão 02 – UNICAMP 2019

A prestigiada revista Science elegeu como um dos principais avanços científicos de 2017 um caso de terapia gênica em crianças portadoras de atrofia muscular espinhal do tipo 1, uma doença genética caracterizada pela atrofia progressiva dos músculos esqueléticos e morte precoce antes dos 2 anos de idade. A doença é causada por um gene defeituoso, que deixa de codificar uma proteína essencial para o funcionamento dos neurônios. No estudo, vírus não patogênicos que continham uma cópia normal do gene em questão foram injetados em quinze crianças doentes. As crianças tratadas sobreviveram além dos 2 anos e apresentaram melhoras na capacidade de movimento. 

(Disponível em https://vis.sciencemag.org/.) 

Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas na frase a seguir. 

Os vírus injetados nas crianças foram capazes de (i)__________, restaurando a produção (ii)__________, que passaram, então, a controlar adequadamente (iii)__________. 

a) (i) atingir a medula óssea e introduzir nas células-tronco a cópia normal do gene; (ii) de neurônios no cérebro; (iii) a medula espinhal e, portanto, os músculos.    

b) (i) atingir a medula espinhal e remover dos neurônios a cópia defeituosa do gene; (ii) de hormônios; (iii) a geração de impulsos elétricos e os músculos.    

c) (i) atingir a medula espinhal e introduzir nos neurônios a cópia normal do gene; (ii) da proteína essencial à função dos neurônios da medula; (iii) os músculos.    

d) (i) atingir a medula óssea e induzir a produção de linfócitos do sangue; (ii) de anticorpos contra o vírus; (iii) a infecção, restaurando os movimentos das crianças.   

Gabarito

 [C]

Os vírus geneticamente modificados injetados nas crianças foram capazes de atingir a medula espinhal e introduzir nos neurônios a cópia normal do gene codificador da proteína essencial à função dos neurônios medulares que controlam a musculatura esquelética dos pacientes.  


Questão 03 – ENEM PPL 2019

enem biotecnologia

 

A sequência de etapas indicadas na figura representa o processo conhecido como 

a) mutação.   

b) clonagem.   

c) crossing-over.   

d) terapia gênica.   

e) transformação genética.   

Gabarito

 [D]

A sequência mostrada na figura representa o processo conhecidos como terapia gênica, por modificar células com defeitos genéticos por meio de vírus que lhes fornecem cópias genéticas corretas.   


Questão 04 – ENEM 2017

A candidata a uma vacina que poderá proteger os seres humanos da esquistossomose passou na fase inicial dos testes clínicos. Totalmente desenvolvida no Brasil, ela tem como alvo o verme Schistosoma mansoni, que provoca a doença. O imunizante usa uma proteína chamada de Sm14  para que o ataque do parasita no corpo humano seja neutralizado. 

(<Fonte: http://revistapesquisa.fapesp.br/2016/05/19/vacina-contra-esquistossomose/>. Acessado em 08/08/2016.) 

Pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (UNESP) de Botucatu conseguiram autorização do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para iniciar testes em humanos do soro antiapílico (antiveneno de abelhas). O soro, composto por uma imunoglobulina heteróloga, será o primeiro do mundo. 

(Fonte: <http://oglobo.globo.com/sociedade/ciencia/soro-antiveneno-de-abelha-comeca-ser-testado-em-humanos-este-mes-19046264>. Acessado em: 24/04/16.) 

 

A proteína  Sm14 e a imunoglobulina heteróloga atuam no organismo, respectivamente, como: 

a) anticorpo e antígeno.    

b) antígeno e antialérgico.    

c) antialérgico e anticorpo.    

d) antígeno e anticorpo.    

e) anticorpo e antialérgico.   

Gabarito

 [D]

A proteína Sm14 presente na vacina contra a esquistossomose é um antígeno extraído do verme parasita Schistosoma mansoni. A proteína encontrada no soro antiapílico é um anticorpo, cuja finalidade é neutralizar o veneno de abelhas.


Questão 05 – UNIGRANRIO – Medicina 2017

“Vacina contra dengue é recomendada pela OMS” 

“Um comitê de especialistas da Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou nesta sexta-feira o uso da vacina contra a dengue, elaborada pela farmacêutica Sanofi Pasteur, nos países onde o vírus é endêmico. A decisão foi feita com base em um parecer do Grupo Estratégico Consultivo de Estratégico de Especialistas (Sage) da OMS, que se reuniu para discutir o assunto em Genebra. A vacina foi aprovada pela Anvisa em setembro e é a única registrada no mundo para combater a dengue.” 

(Adaptado de: http://veja.abril.com.br/ciencia/vacina-contra-dengue-e-recomendada-pela-oms/15 abr 2016, 13h56 – Atualizado em 6 maio 2016, 15h57). 

No texto acima a campanha recomendada pela OMS, se baseia em tratamento por: 

a) Anticorpos produzidos em outros animais, que garantem a imunidade.   

b) Imunidade adquirida através de via placentária.   

c) Contato direto com o próprio vírus causador da doença.   

d) Antígenos produzidos pelo próprio organismo.   

e) Produtos constituídos por microrganismos mortos ou enfraquecidos.  

Gabarito 

 [E]

As vacinas contêm antígenos, tais como microrganismos mortos ou enfraquecidos ou parte desses. A inoculação de antígenos no organismo humano induz a produção de anticorpos e a formação de linfócitos que compõem a memória imunológica.  


Questão 06 – Ufjf-pism 3 2019

As técnicas de engenharia genética tornaram possível introduzir um gene de uma espécie em outra, gerando organismos chamados transgênicos. Um exemplo clássico é uma variedade transgênica de soja que recebeu um gene que confere resistência a determinados herbicidas, possibilitando que o agricultor elimine outras plantas competidoras e aumente a produtividade da lavoura. Por outro lado, o excesso de herbicidas nas lavouras pode implicar em eutrofização e poluição do ambiente, o que vem gerando polêmica sobre o uso de certos transgênicos para alimentação. Sobre organismos transgênicos, assinale a alternativa CORRETA

a) A manipulação genética de plantas é mais complexa do que de animais, uma vez que é relativamente difícil obter uma planta completa a partir de uma única célula geneticamente transformada.    

b) Animais transgênicos são produzidos pela injeção de RNA previamente clonado a partir de uma espécie em ovos de outras espécies.    

c) A soja transgênica, objeto de grande polêmica em diversas partes do mundo, foi produzida por meio de eletroforese de proteínas.    

d) Para a produção de um mamífero transgênico é necessário fazer a fecundação in vitro e posteriormente implantar o embrião no útero de uma fêmea em período fértil.   

e) É possível produzir uma planta transgênica através do bombardeamento das células vegetais com minúsculas partículas de metal com RNA aderido em sua superfície. 

Gabarito 

 [D]

A transgenia em mamíferos ocorre através da fecundação in vitro, isto é, fora do corpo da fêmea, dentro de um recipiente de laboratório e, posteriormente, a implantação do embrião no útero de uma fêmea em período fértil e, para isso, é preciso retirar os óvulos das fêmeas, colocá-los em um líquido apropriado e adicionar espermatozoides; após a fecundação, o segmento de DNA que se deseja incorporar é injetado no ovo, diretamente no núcleo e os embriões originados desses ovos são implantados no útero de uma fêmea para se desenvolverem.  

Gostou do conteúdo de hoje?

Espero que este post tenha ajudado você a entender como os conteúdos de biotecnologia podem ser cobrados no ENEM ou  vestibulares.  E se você quiser ver mais conteúdos bacanas sobre Biologia, não se esqueça de visitar o meu blog!

Quer se sair bem na escola ou vai prestar vestibular e ENEM? Vem tomar um amargo, que eu te ajudo a conquistar esse sonho! Na minha plataforma, você aprende desde o início da vida até o equilíbrio de todas, através de aulas aprofundadas, dinâmicas e muito divertidas comigo, um professor apaixonado pelo que faz.

SAIBA MAIS

Me acompanhe nas redes sociais: curta a minha página no Facebook, me siga no Instagram, se inscreva no Youtube e participe do meu canal oficial no Telegram.

Compartilhar:

Deixe uma resposta