Divisão Celular: Mitose e Meiose

Fala, pessoal, tudo certo?

Neste post, vamos falar das diferenças entre os dois tipos de divisão celular: mitose e meiose. Esse é um assunto muito importante de estudarmos conjuntamente, pois fica mais fácil entendermos a relação entre ambas e o que as difere.

Importante: se estamos falando de divisão celular, vale lembrar também do período em que as células não estão se dividindo, que é a intérfase.

Recados dados, pegue seu bloquinho de anotações, aponte seu lápis e vamos lá!

Mitose

A mitose tem três funções básicas: crescimento, regeneração e renovação. Com base nisso, podemos observar que a mitose acontece em, basicamente, todo o nosso corpo, com poucas exceções.

Outro ponto interessante de notar na mitose é que, em organismos unicelulares, como protozoários, ela adquire também uma função de reprodução. Afinal, quando um ser vivo formado por apenas uma célula se divide em duas, temos, na verdade, dois organismos.

A mitose, portanto, acontece nas células somáticas do nosso corpo, que são aquelas que não são os gametas, ou seja, as células diplóides do nosso organismo, como as da pele, do cabelo etc.

Vale notar que nem todas as células sofrem mitose. Existem células altamente especializadas, como os neurônios, que, a partir do momento em que estão formadas e diferenciadas, não passam mais por esse tipo de divisão.

Outro conceito que devemos ter em mente é que, ao contrário da meiose, a mitose é um processo de divisão celular equacional, isto é, ela não reduz o número de cromossomos nas células. Isso significa que uma célula diplóide (2n) vai se dividir em outras células também diplóides e geneticamente iguais.

Etapas da mitose

Em oposição à meiose, a mitose ocorre em apenas uma fase. Isso posto, vamos ver as etapas pelas quais a célula passa durante o processo de divisão:

  • Prófase: etapa em que o cromossomos estão começando a se condensar;
  • Metáfase: os cromossomos já estão duplicados (com o dobro do material genético e duas cromátides) e alinhados no centro da célula.
  • Anáfase: ocorre a separação das cromátides-irmãs, ou seja, o cromossomo duplicado é dividido ao meio. Dessa forma, não há redução do número de cromossomos nas células que serão geradas (lembre-se, a mitose é equacional).
  • Telófase: ocorre a reorganização das células e a citocinese (separação dos citoplasmas) para concluir a divisão celular por mitose.

Entenda a mitose mais a fundo na videoaula Mitose – Divisão Celular.

Meiose

Começamos com uma diferenciação importante: nos animais, a meiose forma os gametas. Ou seja, no corpo humano, ela acontece nos testículos e nos ovários. Mas, afinal, por que a produção de gametas tem que se dar por meiose?

Quando nos reproduzimos, ocorre a fecundação do ovócito pelo espermatozóide. Lembre-se de que nossas células são 2n, portanto,nossos gametas têm que ter a metade do número de cromossomos que carregamos em nosso material genético. Assim, ao juntarem-se, geram um organismo 2n. E é por isso que a meiose é um processo reducional.

A meiose é dividida em duas fases: meiose I e meiose II. Ao contrário do que acontece na mitose, uma célula 2n passa, na primeira etapa, por uma divisão reducional, gerando duas células.

Na segunda fase, essas células se dividirão novamente, mas, dessa vez, passarão por uma divisão equacional, isto é, gerarão células iguais a elas (n). Portanto, na meiose, uma célula 2n origina quatro novas células n, com a metade do número de cromossomos da célula “original”.

Etapas da meiose

Como vimos, a meiose se dá em duas fases. Vamos ver as etapas de cada um delas:

Meiose I

Prófase I

Há muita coisa acontecendo na célula neste momento. Não à toa, essa etapa é dividida em cinco processos. Basicamente o ocorre em cada um deles é a troca de material genético entre os cromossomos, operação que recebe o nome de crossing over. Isso é fundamental para aumentar a variabilidade genética das espécies.

Importante: na mitose, não ocorre crossing over, justamente porque as células que serão geradas têm que ser idênticas àquela que as originou.

Metáfase I

Diferentemente do que acontece na mitose, aqui os cromossomos não estão alinhados no centro da célula, mas estão agrupados aos pares, Assim, quando a divisão celular acontece, não dividem-se as cromátides de cada cromossomo, e sim o cromossomo inteiro, separando os homólogos (cromossomos do mesmo par).

Anáfase I

Nesta fase, os cromossomos homólogos já foram separados, reduzindo à metade o número de cromossomos em cada célula que se originará.

Telófase I

É a última etapa da meiose I. Assim como na mitose, as células se organizam e ocorre a citocinese. Lembre que esta primeira fase é reducional, ou seja, na mitose I as células geradas terão metade dos cromossomos da célula que as originou.

Meiose II

A meiose II é uma divisão celular equacional. Em outras palavras, o que acontece nesta fase é, em linhas gerais, uma mitose. As etapas são:

  • Prófase II: idêntica à da mitose.
  • Metáfase II: os cromossomos estão alinhados no centro da célula.
  • Anáfase II: não existem mais cromossomos homólogos. Portanto, o que será dividido são as cromátides-irmãs.
  • Telófase: divisão das células em novas células idênticas a elas.

Para rever essas informações e aprofundar outros conceitos importantes, assista à videoaula MITOSE E MEIOSE – Diferenças.

Espero que este post tenha ajudado você a compreender mais sobre mitose, meiose e os processos de divisão celular. E se você quiser ver mais conteúdos bacanas sobre Biologia, não se esqueça de visitar o meu blog!

Quer se sair bem na escola ou vai prestar vestibular e ENEM? Vem tomar um amargo, que eu te ajudo a conquistar esse sonho! Na minha plataforma, você aprende desde o início da vida até o equilíbrio de todas, através de aulas aprofundadas, dinâmicas e muito divertidas comigo, um professor apaixonado pelo que faz.

SAIBA MAIS

Me acompanhe nas redes sociais: curta a minha página no Facebook, me siga no Instagram, se inscreva no Youtube e participe do meu canal oficial no Telegram.

 

Compartilhar:
Professor Samuel Cunha

Professor Samuel Cunha

Biolândia é uma plataforma dedicada ao ensino da mais linda ciência chamada Biologia.

4 comentários

  1. Muito obrigada, Samuel por nos ajudar. Estávamos precisando disso, ainda mais agora em época de pré vestibular

  2. Sou a Amanda Da Silva, gostei muito do seu artigo tem
    muito conteúdo de valor parabéns nota 10 gostei muito.

Deixe uma resposta